quinta-feira, 25 de junho de 2015

Férias escolares na Italia, e agora?!


Todo final de ano escolar, quando ainda era pequena,  eu escutava maes se lamentando, perdidas no seu tempo e organizaçao. Nunca entendi bem, pois tive uma mae dona de casa, sempre presente e disponìvel para nòs, eu e meus irmaos.

Que bom que ela conseguiu nao transparecer esse desespero, porque, mesmo quando somos donas de casa, somos pessoas, somos mulheres e queremos um tempo sò nosso.

Talvez com o seu exemplo eu tenha aprendido a fazer o mesmo com os meus filhos, ou melhor, estou aprendendo, pois sao ainda tao pequenos!

A situaçao muda ainda mais quando nos encontramos longe da nossa famìlia, sem auxilio de um parente ou amigo de longas datas.

Muitas vezes o casal trabalha fora, nao tem economia suficiente para uma babà e entao como a gente consegue se virar em um paìs que nem doméstica ou ajudante de serviço sao trabalhadores da classe média ou baixa? Ficamos a ver navios? E nossos filhos, sentem a casa virar de pernas para o ar?!

Independente de voce trabalhar fora de casa ou ser dona de casa, os seus horàrios irao sofrer uma certa mudança. E como tudo na nossa vida, precisamos nos organizar para esses dias "cheios", com as presenças de nossos filhos. Ainda mais se for mais de um filho, dois.. tres...

Aqui na Italia existem "asilo-nido" que sao como as creches ou escolinhas a pagamento no Brasil e que funcionam no mes de julho. 

E tem também, para as crianças acima de 6 anos, a organizaçao da catequeze de uma Igreja da sua cidade, aonde as freiras sao responsàveis pelas crianças e , com atividades e muito mais liberdade que em uma escola, elas organizam passeios e brincadeiras e, o custo costuma ser baixo, por volta de 10 euros a semana e voce nao precisa escolher todas as semanas, pode pagar pelas semanas que desejar. 

Jà em agosto as crianças ficam em casa. E entao?! Bom, para saber mais detalhes convido voces a clicarem no play aonde eu conto como faço com meus dois filhos, de idades e sexo distintos, com exigencias e amigos diferentes. 

Nao é simples, mas nao é difìcil. "Basta un bel respiro e voilà, ce l'abbiamo fatta"!!!! 




3 comentários:

Danielli Lima disse...

Com a Anita a mil por hora, é necessário muita criatividade.
Mas para eles é importante mesmo, se nem a gente aguenta ficar em casa imagineeeee eles...

Um beijo querida!

Nayara disse...

Deve ser difícil, mas assistindo ao vídeo, é aquela questão, né... devemos nos adaptarmos às necessidades, e quando a necessidade chega, a gente se revira pra conseguir conciliar tudo. Confesso que adorei a frase final, em italiano. O que significa? Muito legais esses provérbios... isso vale um vídeo, Daphne! heheh Beijokas

Daphne Desirée disse...

Oi Nayara! Que legal ter voce aqui no blog!!!
Nao sei qual a frase que voce se refere, dei uns saltos pelo video mas nao encontrei, depois revejo o video todo para ver direitinho qual è o provérbio, ok?
Obrigada pela visitinha aqui.
Beijokas!