quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Cultura na Italia - Mantegna e Alberti, quem foram esses artistas italianos?

"Camera degli Sposi"
Mantegna(leia: "Mantenha") e Alberti foram dois dos maiores artistas italianos presentes no seculo XV, em meio ao periodo do renascimento. Em Mantova eles foram contratados pelo domìnio da cidade, os Gonzaga, àquele tempo sob o poder de Ludovico III Gonzaga.


Andrea Mantegna era um pintor que inicialmente executava a sua profissao trabalhando por comissoes, o que, nos dias de hoje, se pode identificar como o trabalhador autonomo; sucessivamente se estabilizou definitivamente com a sua familia em Mantova como pintor da corte, ou seja, um artista que vinha contratado nas dependencias dos Senhores da cidade, ou, dominantes, para as decoraçoes dos Palàcios Ducale e das obras arquitetonicas mais célebres da cidade. Contratado entao por Ludovico III Gonzaga, foi o criador dos maiores  afrescos(pinturas na parede) dos palàcios de Mantova.

"Camera degli Sposi"
 Além de fazer muitas pinturas em mesas de madeira, agora conservados nos maiores museus do mundo, inclusive de Sao Paulo/Brasil, pintou salas enormes como “La Camera Degli Sposi” ou “Camera Picta” ,aonde representou, tomando cuidado em cada detalhe e conseguindo dar o sentido da profundidade  de toda a dinastia dos Gonzaga durante a ocasiao das eleiçoes cardeais de Francesco Gonzaga. A sala està localizada no Castello di S. Giorgio di Mantova e era utilizada nas audiencias para discussoes publicas e usada como quarto de dormir aonde Ludovico III Gonzaga se reunia com a sua familia.


Castelo San Giorgio
Leon Battista Alberti, era um artista renomado e procurado sobretudo pelas suas capacidades arquitetonicas, apesar de haver conhecimento em divesas areas que iam da filosofia à arqueologia. Era uma das figuras mais versàteis do Renascimento. Em Mantova foi encarregado por Ludovico III Gonzaga, para a projetaçao de intervençoes arquitetonicas em algumas Igrejas da cidade. Vamos recordar a Igreja de San Sebastiano, capela privada dos Gonzaga que  apresenta uma tipica fachada dos tempos da idade clàssica e a Basilica di Sant’Andrea, capela aonde vem ainda hoje conservados os restos do sangue de Jesus, que apresenta também a presença clàssica tipicamente renascimentista.

Igreja Sant'Andrea
Nos dias atuais Mantova recebe um grande numero de turista durante o ano, estudantes, viajadores autonomos, grupos de turistas, turismo de terceira idade, todos interessados em conhecer de perto as belezas històricas deixadas por artistas como estes, que marcaram o nome da cidade com o seu talento e habilidade.

Igreja de San Sebastiano

Para maiores informaçoes entre no SITE de Mantova.

2 comentários:

analuciaoliveira pierin disse...

Mantova ,além de uma belíssima cidade,é um berço de cultura e história.Tenho saudades...

Daphne Desirée disse...

Ana Lucia, muito obrigada pelo seu comentàrio e seja muito bem-vinda ao blog. As portas de casa estarao sempre abertas à voce e o seu marido. :)
Daphne.. Pierin. rsrsrs